• 21 3203-5104
  • 21 2526-1077
Avenida Treze de Maio, 41 - Gr. 903/904 - Centro Rio de Janeiro/RJ - CEP: 20031-007

Notícias

Dólar comercial fecha em leve queda, após BC intervir no mercado à vista

-

Fonte: InfoMoney
Após operar em alta durante toda manhã, o dólar comercial inverteu sua trajetória e encerrou esta terça-feira (23) em queda frente ao real. A divisa chegou a esboçar certa recuperação, mas o anúncio do Banco Central de leilão de dólares no mercado à vista, cuja taxa de corte ficou em R$ 2,386, ajudou a segurar o avanço. O dólar comercial operava em queda quando a volatilidade da sessão esvaziada puxou os principais mercados ao vermelho, o que deu certo impulso às cotações. A agenda norte-americana reservou indicadores importantes nesta penúltima semana do ano, mas dessa vez, o susto dos investidores não foi tão grande. O PIB (Produto Interno Bruto) do terceiro trimestre, por exemplo, veio em linha com as projeções, apontando contração de 0,5% na economia dos EUA. Além disso, os dados sobre o deflator mostraram uma inflação mais branda, apontando taxa de 3,9% - percentual abaixo do consenso das estimativas. A confiança do consumidor, por sua vez, surpreendeu ficando acima do esperado em dezembro. Âmbito doméstico Por aqui, houve novos sinais de desaceleração inflacionária, o que aumenta as expectativas de que o Copom (Comitê de Política Monetária) adiante uma flexibilização monetária nas próximas reuniões. Dessa vez, o IPC-S (Índice de Preços ao Consumidor - Semanal) da FGV (Fundação Getulio Vargas) mostrou alta controlada. Para Sidnei Moura Nehme, diretor executivo da corretora de câmbio NGO, um preço mais justo para a divisa norte-americana para 2009 seria próximo a R$ 2,00. "Enquanto não ocorrerem os vencimentos das posições "especulativas" e os "vendidos" não zerarem suas posições definitivamente, a artificialização do preço do dólar persistirá, não tendo o governo mecanismos operacionais eficazes para combater esta anomalia, que não deve se prolongar além do primeiro trimestre de 2009" afirmou. Confira as cotações O dólar comercial fechou cotado a R$ 2,3870 na compra e R$ 2,3880 na venda, leve baixa de 0,13% em relação ao fechamento anterior. No mercado paralelo, a moeda norte-americana encerrou o dia negociada a R$ 2,5000, representando um ágio de 4,73% em relação ao dólar comercial. Apesar desta queda, o dólar acumula valorização de 2,93% em dezembro, frente à alta de 7,41% registrada no mês passado. No ano a valorização acumulada da moeda norte-americana já chega a 34,46%. Dólar futuro na BM&F Na BM&F, o contrato futuro com vencimento em janeiro encerrou o dia cotado a R$ 2.396, alta em relação ao fechamento de R$ 2.392 da última segunda-feira. O contrato com vencimento em fevereiro, por sua vez, fechou em leve alta de 0,04%, atingindo R$ 2.418 frente à R$ 2.417 do fechamento de ontem. O dólar pronto, que é a referência para a moeda norte-americana na BM&F Bovespa, registrava R$ 2,3870. FRA de cupom cambial O FRA de cupom cambial, Forward Rate Agreement, referência para o juro em dólar no Brasil, fechou a 1,40% para março de 2009, 0,20 ponto percentual abaixo do fechamento anterior.
Todos os direitos reservados | © 2021 | Planaccount - Escritorio de Contabilidade | Política de Privacidade
desenvolvido por