• 21 3203-5104
  • 21 2526-1077
Avenida Treze de Maio, 41 - Gr. 903/904 - Centro Rio de Janeiro/RJ - CEP: 20031-007

Notícias

BA - Produção Industrial da Bahia cresce 4% entre janeiro e julho

Fonte: Agecom
A produção industrial baiana acumulou crescimento de 4% entre janeiro e julho deste ano. No acumulado dos últimos 12 meses, verificou-se uma expansão de 3,5%, enquanto que na comparação entre os meses de julho de 2008 e julho de 2007 houve acréscimo de 0,5% na indústria baiana (de transformação e extrativa mineral). Os dados são da Pesquisa Industrial Mensal (PIM), realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e analisada pela Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI), autarquia da Secretaria de Planejamento. Na comparação entre os meses de julho/2008 e julho/2007, a indústria de transformação registrou crescimento de 0,5%. Seis segmentos apresentaram variação positiva e as principais contribuições vieram de celulose, papel e produtos de papel (38,5%), metalurgia básica (3,8%) e minerais não-metálicos (21,7%). Apenas dois segmentos decresceram, refino de petróleo e produção de álcool (-13,5%) e produtos químicos (-2,8%). Essa queda contribuiu bastante para a pequena expansão da indústria geral no mês, pois as indústrias de refino de petróleo e produção de álcool e de produtos químicos representam 50% da produção industrial baiana. A indústria extrativa mineral cresceu 0,5%. Nos sete primeiros meses do ano, a indústria de transformação cresceu 4,1%. Apenas o segmento de produtos químicos influenciou negativamente, com queda de -1,6%. Os demais gêneros apresentaram elevação, destacando-se: celulose, papel e produtos e papel (31,1%) e metalurgia básica (5,3%). No período referente aos últimos 12 meses, o indicador aponta desaceleração no ritmo de crescimento da indústria que oscilou de 4,1%, em junho, para 3,5% em julho, fato que altera a trajetória de crescimento observada até maio de 2008.Todos os segmentos registraram taxas positivas destacando-se celulose, papel e produtos de papel (21,2%), alimentos e bebidas (2,5%) e refino de petróleo e produção de álcool (0,9%).
Todos os direitos reservados | © 2021 | Planaccount - Escritorio de Contabilidade | Política de Privacidade
desenvolvido por